Análise de Agroglifos por Carlos Yates

Análise dos últimos agroglifos

https://circulosdepoder.blogspot.com/

Esta entrada foi publicada em Agroglifos. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

2 respostas a Análise de Agroglifos por Carlos Yates

  1. Olá pessoal do GAIDU, deixo aqui a indicação do meu mais recente estudo sobre os agroglifos analisados em uma relação de interação com os últimos dois grandes abalos sísmicos de setembro de 2018. Esse estudo está na primeira página do meu blog.

    https://circulosdepoder.blogspot.com/2018/10/e-225-observacoes-sobre-os-abalos.html
    Um grande abraço a todos,
    obrigado.

  2. Nos deparamos, hoje, com o grave problema das migrações.
    Centenas de milhares de vidas em busca de condições de vida que lhes
    poderiam ser dadas em seus países de origem se a ganância “humana” não
    fosse tão animalizada a ponto de não perceber a dificuldade dos seus semelhantes.
    Mas, isso é aqui. E esta situação exige uma solução que não é somente intelectual, mas
    sim espiritual na sua base, pois demanda solidariedade e amor na configuração das ações.
    Então vemos que, a parte intelectual do homem criou um problema, pois esteve voltada
    somente para a satisfação do ego. Mas o mundo e seus recursos são de todos.
    Então esse grande problema da migração requer ser lidado com espiritualidade, com
    a devida consciência de que todos somos irmãos.
    E, agora em março (19/03/19), vamos encontrar um planeta primitivo com populações miseras,
    achacadas por males que já não mais existem entre nós. E vamos, em nome de uma
    elevada espiritualidade, ter que agir no sentido de auxilia-los. Portanto, esse grande
    problema da migração aqui na Terra é apenas um treino, um vislumbre daquilo que
    iremos encontrar neste planeta primitivo a que vamos ter acesso.
    Vamos chegar a ele com tecnologia, fruto da intelectualidade. E a tecnologia que não
    mais serve para nós será a mais avançada do dito planeta primitivo. Mas por aqui
    outro tipo de solução terá que ser empregado para que se mude a matriz mental
    dos habitantes terrenos e o viver por aqui se torne mais ameno, dando vazão assim
    a eterna lei da evolução dos mundos onde o que sabe e pode mais auxilia ao que pode menos.
    Obrigado,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *